02/12/2008

Vaca digitando

Sou eu. Em termos de internet eu pasto e solto bolotas de esterco, sou uma negação.
Há um tempo a New me ofereceu um tal selo de qualidade, este ao lado. Só que este homo analogicus não sabia o que fazer com ele, não sabia nem publicar imagens no blog. Ainda hoje não entendi essa conversa de htlm, ou seria hmlt? Ah, não sei, só sei que não sei e continuarei a não saber, enquanto não tiver disponibilidade de tempo contínuo para isto.

Há bem menos tempo, a Luna também me ofereceu o tal selo de qualidade. Ainda estava concluindo a última parte do drama em três actos. Demorei para saber o que fazer com aquilo. Salvei no meu computador. Imaginem se tenho pressa de colocar vídeos e sons aqui... uhn!

Bicho, eu ainda não aprendi a colocar link! E vou demorar uma data ainda para tanto. Um bokomoko de estragar o coreto. Sei fazê-lo aqui, destro do texto, mas nas laterais do papel-de-parede ainda me soa misterioso.

Por isso mesmo, patota, peço compreensão. Meu primeiro contacto com computadores foi na época do 8008, quando ainda se usava Cobol purinho, e eu não fiz curso, que na época era caro pra chuchu. Depois fiquei uns anos sem ter acesso á máquina, aprendi já com o Windows 95 em um 486 DX. Depois foram mais uns anos sem acesso à máquina, quando a internet entrou sorrateira pela porta dos fundos. Quando me dei conta, já haviam o Google e o You Tube, os quais eu nem fazia idéia do que eram. O primeiro uso como página inicial, mas o segundo eu raramente acesso até hoje.

Eu ainda tenho minha Olivetti Studio 45 made in México, verde claro. Não conhece? , broto, cê parece que não sei! É uma máquina de escrever portátil, um baratinho que qualquer escritório tinha até meados dos anos 1980. É sumpimpa, só não acessa internet e não permite editar o texto escrito. Mas não dá pau e não tem vírus. Do balacobaco.

Bom, para não delongar e não entregar de graça a minha idade, homenageio a professora Fabiana, o miguxo Flávio e a Ana Chiclete. Só três, que eu peneirei muito. Alguns dos melhores já foram desactivados.

Agora chega. Vou pensar num texto que não seja sobre internet.

4 comentários:

Ana Martins disse...

Nana, mal aprende a linkar e já linka meu humilde bloguinho! Brigada!

Luna disse...

Ow, eu te ensinei a colocar link. Cata lá nas suas MPs!

Nanael Soubaim disse...

No texto eu sei ligar, o problema é o espaço vazio no papel de parede, ao lado. Muuuuuuuuuuu!

New disse...

Oieeee!
Nem ligue pra isso. O importante e recerber os carinhos dos amigos que o admiram pois, somente por isso eu repasso selinhos pra vc.
Beijos e tenha um bom domingo.

PS.perdoe-me mas estou com o teclado um tanto quanto maluco.